quarta-feira, 27 de março de 2013

[ZINES] FANZINES: Que porra é essa? (+ bônus download)



Olá lambedores de suvaco. Aproveitando o ultimo post vamos falar mais um pouco sobre fanzines nessa porra.

Se você é um corno escroto e não viu o ultimo post (logo aqui em baixo) nem fez “daunloadi” da zine foda de Márcio Sno. Então provavelmente  você deve ser um zé ruela e ao mesmo tempo deve estar se perguntando: “Que porra é fanzine?”

Alguns exemplos de fanzine.
Sendo assim, pra mostrar que eu sou bonzinho ai vai um pequeno post sobre o assunto:

Bom, fanzine nada mais é do que uma publicação totalmente independente cujo foco é a disseminação e compartilhamento de conteúdo sem a influência da grande mídia, para que assim todo meio de arte, cultura e ideias seja distribuída livremente. Em outras palavras é uma revista independente/ alternativa criada por aqueles que querem compartilhar suas opiniões e gostos  assim como o blog vem sendo nos dias de hoje.

Primeira edição da Sniffin' Glue.
A primeira zine punk!
Essas revistinhas de xerox surgiram nos “esteites” na década de 50 cujos temas eram sobre ficção-cientifica. Somente nos anos 70 na Inglaterra, junto com os diversos movimentos underground da época, apareceram as primeiras zines relacionadas a musica e a ideologias libertarias. O grande numero de zines que apareceram na época foram incentivadas pelo movimento “do it yourself” (faça você mesmo) amplamente divulgada por Marky Perry, autor da primeira zine punk, a “Sniffin' Glue”.

Desde então, as zines circularam livremente pelo underground trazendo todo tipo de conteúdo aos seus leitores. As mesmas só tiveram uma pequena decadência a partir dos anos 2000 com a popularização dos blogs e a facilidade da internet.

E assim como os blogueiros na maioria das vezes o único retorno que o fanzineiro possui é o feedback de seus leitores como forma de pagamento. No entanto a grande diferença está no capricho e amor empregado nas obras em papel, já que a fanzine requer um certo investimento financeiro por parte de seu autor, coisa que o blogueiro não precisa se preocupar tanto(pelo menos eu não) pois suas obras digitais não geram gastos (a não ser de tempo).  Por estas e outras dificuldades muitas fanzines se transformam em blogs ou até mesmo deixam de existir. Porem, por mais que o fanzineiro enfrente as dificuldades de ter seu conteúdo divulgado, a satisfação de ver suas ideias se propagando é incrível.

Essas dificuldades e experiências são melhores relatadas no documentário produzido pelo mestre Márcio Sno (O cara é foda!) e que está disponível gratuitamente no link abaixo.



Atualmente o documentário possui dois capítulos, mas em breve o capitulo que fecha a trilogia estará disponível (aqui principalmente).

Meu objetivo é trazer ao mundo uma fanzine do blog. Mas enquanto eu estou aprendendo a escrever, vamos ficar por aqui mesmo.

Conheça outros sites relacionados à fanzinada:












*BONUS*

Baixe a primeira edição do Sniffin' Glue- A primeira zine punk (que merece uma postagem só para ela futuramente).

Clique na imagem para download
A edição esta em inglês e só consegui adquirir essa raridade graças ao blog DIE OR DIY. O link para download do blog estava quebrado (maldito mediafire), mas por sorte ele colocou os print na postagem, então eu montei um arquivo com todos os scans reunidos.

*O arquivo está em formato CBR. Para abri-lo necessita do programa CDisplay (baixe aqui)



Por hoje é só cambada, me aguardem...
E é claro, comenta nessa porra!
Cúmentários
0 Cúmentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Defeque aqui sua desprezível opinião.